Pandemia pode aumentar em 500 milhões o número de pobres

17.04.2020

 

 

Em todo o mundo, o novo coronavírus pode criar 500 milhões de novos pobres, é o que afirma a Oxfam. De acordo com a organização, a crise econômica gerada pela pandemia, requer um plano emergencial de resgate de setores econômicos com maior potencial de promover a recuperação e a retomada das economias a partir da inclusão das pessoas no mundo de trabalho.

No Brasil, as perspectivas não são diferentes. O país, que antes da pandemia já tinha um elevado número de pessoa pobres e uma evidente desigualdade, por conta do covid-19, vai piorar. A entidade acredita que o número de desempregados será ampliado em 2 milhões. Atualmente esse número está na casa dos 12 milhões.

No relatório, também consta que as medidas adotadas pelo presidente Jair Bolsonaro são insuficientes e tardias no campo da saúde e economia. Cabe ao Estado refletir sobre a importância da sua própria atuação e assegurar o direito a sobrevivência e dignidade das pessoas mais pobres durante a crise.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Vídeos

Please reload

Busca

© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.