• Bancários Juazeiro

Reforma trabalhista foi um equívoco, diz TST


A ideia vendida de que a reforma trabalhista iria gerar empregos foi um equívoco. É o que avalia o presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), ministro João Batista Brito Pereira.

Para o ministro, é o desenvolvimento da economia que pode estimular a criação de novos postos de trabalho. A promessa da nova lei, sancionada em 2017, era de gerar mais de 6 milhões de vagas. Mas, em 2018, o Brasil criou apenas 529 mil empregos.

Ao invés de criar oportunidades e fazer girar a economia, o país tem 13 milhões de brasileiros desempregados hoje. A taxa ficou em 12,3% de março a maio deste ano, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Antes de 2016, o índice não chegava a dois dígitos.

2 visualizações

Busca

Outras Notícias