Brasileiros estão com dívidas até o pescoço

26.06.2019

 

 

Um governo sem propostas para o país, não consegue resolver as questões básicas da população. Sem emprego e com salário achatado, resultado da política de austeridade fiscal, o brasileiro se atola em dívidas. Cerca de 63,4% das famílias estão no vermelho.

A pesquisa é da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços). O cartão de crédito é o que mais deixa os cidadãos de cabelo em pé. Carnê de loja, prestação de carro, seguro e empréstimo pessoal aparecem em seguida.

O levantamento aponta uma média de 64 dias de atraso e mais de um terço dos endividados acumulam dívidas há mais de um ano. Para os inadimplentes, recorrer ao cheque especial não é uma saída, definitivamente.

A taxa de juros chega em 317,9% ao ano. Não vale também pagar a fatura do cartão de crédito pela metade. O rotativo está em 295,5% ao ano. O ideal agora é se reorganizar, colocar as contas na ponta do lápis, cortar os gastos desnecessários para sair do vermelho, porque esperar pelo atual governo não é uma opção. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Vídeos

Please reload

Busca

© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.