A reforma penaliza as mulheres do campo

24.06.2019

 

A reforma da Previdência, proposta pelo governo Bolsonaro, deixa claro que o presidente desconhece a realidade da maioria dos brasileiros. A PEC 06/19 estabelece uma idade mínima para a aposentadoria e afeta, sobretudo, as mulheres do campo, já que cerca de 70% começam a trabalhar antes dos 14 anos de idade.

Pelo projeto, na aposentadoria rural, mulheres e homens precisam ter idade mínima de 60 anos e 20 anos de tempo de contribuição. A regra atual é de 55 anos para mulheres e 60 anos para os homens, com tempo mínimo de atividade 15 anos.

Além disso, há outro problema para as trabalhadoras rurais. É a mudança na regra de contribuição das agricultoras. O recolhimento previdenciário é indireto, com desconto no momento da venda na produção. Pela reforma da Previdência, quem trabalha no campo terá de pagar R$ 600,00 por ano em contribuições. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Vídeos

Please reload

Busca

© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.