Governo Bolsonaro mira na agricultura familiar

14.05.2019

 

 

Cada dia o brasileiro é surpreendido com uma medida bombástica do governo federal, sempre em ataque ao povo. Desta vez, o alvo é a agricultura familiar. O BNDES suspendeu o repasse de verbas para o Pronaf (Programa Nacional da Agricultura Familiar). A estimativa é de que R$ 800 milhões deixem de ser repassados aos trabalhadores.

Não é só isso. Em apenas cinco meses, o governo de Bolsonaro deixou de repassar cerca de R$ 6 bilhões dos R$ 30 bilhões anunciados para a safra da agricultura familiar para este ano. A verba normalmente é utilizada pelos trabalhadores para comprar tratores, equipamentos, construir espaços para animais e acondicionar e transportar a produção.

Segundo especialistas, a medida não afeta a safra atual, que recebeu verba em 2018. Mas compromete a produção para o próximo período. Detalhe: a agricultura familiar é responsável por 70% dos alimentos levados à mesa dos brasileiros, enquanto que o agronegócio, que recebe a maior parte dos recursos do governo, direciona a produção para a exportação. É o caso da soja, do milho e da cana de açúcar.

Vale destacar que relatório da ONU (Organização das Nações Unidas) destaca que a agricultura familiar tem capacidade para colaborar na erradicação da fome mundial e alcançar a segurança alimentar sustentável. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Vídeos

Please reload

Busca

© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.