• Bancários Juazeiro

Presidente do sindicato dos Bancários de Juazeiro participa de reunião sobre cobranças ao banco Sant



Preocupado com as diversas mudanças anunciadas pelo Santander, diretores do Sindicato dos Bancários da Bahia se reuniram, nesta segunda-feira (15), com representantes das Relações Sindicais do banco, para tratar, entre outros assuntos, da mudança para o novo cargo de Gerente de Negócios e Serviços (GNS), que vai unificar quatro funções em 100% das agências. Na oportunidade, o presidente do sindicato dos bancários de Juazeiro, Maribaldes da Purificação também acompanhou a discussão.


“Estamos juntos nessa discussão com o Sindicato da Bahia e demais representantes da Federação da Bahia e Sergipe e dos sindicatos de Camaçari e Sergipe para que no processo de diálogo com o banco tenhamos as respostas dessas demandas”, externou Maribaldes da Purificação, presidente do sindicato dos bancários de Juazeiro.

A discussão é porque na dia a dia parte dos caixas convencionais e agentes comerciais passarão a ser GNS 6 horas e os coordenadores e gerentes especiais de GNS 8 horas. A mudança vai englobar de 12 a 13 mil funcionários. Todos os gerentes de negócios e serviços poderão exercer o papel de caixa com limite de 30% de tempo na função. Para o banco espanhol, a alteração é uma forma de otimizar o tempo dos clientes, que serão atendidos pelo mesmo empregado e farão diversos serviços. Porém, para o movimento sindical a medida, que acumula funções, sobrecarrega o funcionário, deixando-o exposto a adoecimento. Foi discutido também sobre o trabalho voluntário de educação financeira aos sábados, assim como o Sindicato da Bahia, Juazeiro também se posicionou contra. Essa iniciativa acontecerá em nove fins de semana, de maio e junho. A entidade acredita que a atividade pode ser transformada em rotina pelo Santander, que pode se aproveitar para prospectar produtos e clientes. Segundo o banco espanhol, o trabalho será feito por bancários 'voluntários'.

Também foi tratada a implantação e a rede de atendimento da nova bandeira dos tíquetes refeição e alimentação, o Ben Visa Vale, um produto do Santander. Como o último crédito feito no Alelo foi em 29 de março, os funcionários terão um prazo de 90 dias a partir da data para gastar o valor. Ou seja, no final de junho.

A previsão é de que até 30 de abril o Ben Visa Vale tenha 102 mil locais credenciados, mesma quantidade da antiga bandeira. O número, no entanto, não significa que serão os mesmos pontos utilizados com os vales antigos, o que preocupa.

8 visualizações

Busca

Outras Notícias

INSTAGRAM
© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.