© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.

Na crise, lucratividade dos bancos sobe 28,5%

12.11.2018

 

A crise que atinge o país é severa. Não para o sistema financeiro. Os quatro maiores bancos brasileiros lucraram R$ 17,47 bilhões no terceiro trimestre, o que corresponde a um crescimento de 28,5% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Quem mais lucrou no terceiro trimestre foi o do Itaú, com R$ 6,247 bilhões, avanço de 2,8% em relação a idêntico período de 2017. Depois, surge o Bradesco, que teve lucro líquido de R$ 5,009 bilhões, alta de 73,7%.

A terceira posição é ocupada pelo Banco do Brasil, com lucratividade de R$ 3,175 bilhões, elevação de 11,78% na comparação anual. Já o Santander obteve lucro líquido de R$ 3,039 bilhões, acréscimo de 2,2%.

Enquanto colocam nos cofres cifras cada vez maiores, os bancos seguem com a política perversa de demissões para reduzir custos. Além de não contratarem para reduzir a sobrecarga que adoece o trabalho, também não utilizam o lucro para investir em segurança e condições de trabalho.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Vídeos

Please reload

Busca