• Bancários Juazeiro

Com Bolsonaro, 51 milhões sem aposentadoria


O cenário é conturbado e o jornal O Bancário, comprometido com o bom jornalismo, faz o alerta. Dois projetos de país completamente distintos estão em jogo na eleição de domingo. Uma das diferenças diz respeito à reforma da Previdência.

A proposta do candidato do PSL, Jair Bolsonaro, defende a criação de um modelo de capitalização com contas individuais. A medida compromete a aposentadoria de 51 milhões de brasileiros que contribuem com o INSS.

Vale lembrar que o modelo de capitalização por contas individuais foi adotado na Argentina e Chile e os resultados foram catastróficos. Nos dois países vizinhos, outras reformas tiveram de ser feitas.

Do outro lado, Fernando Haddad propõe integrar o sistema previdenciário com a Seguridade Social, como define a Constituição Federal, garantindo a todo trabalhador o direito à aposentadoria. O candidato já disse algumas vezes que rejeita a reforma neoliberal para a Previdência.

6 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM