© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.

Trabalho escravo cresceu quase 100% no Brasil

25.10.2018

 

Segundo o Ministério do Trabalho, de janeiro à primeira quinzena de outubro deste ano, foram encontrados 1.246 trabalhadores em condições análogas à escravidão. O crescimento é de 93% em relação ao que foi registrado em 2017, com 645 casos.

As informações sobre o combate ao trabalho análogo constam do Radar do Trabalho Escravo, da Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), uma ferramenta de consulta pública aos resultados consolidados da inspeção do trabalho no Brasil.

De acordo com dados oficiais, Minas Gerais foi o estado em que foi encontrado o maior número de trabalhadores em situação análoga à de escravidão, com 754, seguido do Pará (129) e Mato Grosso (128). 

As fiscalizações não podem continuar sendo negligenciadas. O aumento em 93% dos casos de trabalho escravo deve-se aos últimos dois anos de governo, que privilegia empresários do meio rural e faz vistas grossas para esse tipo de ação no campo. O próximo governo precisa apertar o cerco, punir e multar as empresas responsáveis por promover tamanha agressão aos direitos humanos e trabalhistas. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Vídeos

Please reload

Busca