• Bancários Juazeiro

Família brasileira pretende reduzir os gastos


A cada dia que passa, as famílias brasileiras perdem o poder de consumo. De acordo com a CNC (Confederação Nacional do Comércio), a ICF (Intenção de Consumo das Famílias) recuou 0,3% de setembro para outubro e chegou a 86,7 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

A decisão de compra tem sido influenciada pela lenta recuperação do mercado de trabalho, juros elevados, o alto índice de endividamento, a alta do dólar, além da indefinição quanto ao rumo da economia em 2019.

Ainda, segundo a pesquisa, na comparação com outubro de 2017, todos os componentes tiveram alta, com destaque para o nível de consumo atual (24,4%) e para a perspectiva de consumo (15%).

1 visualização

Busca

Outras Notícias