• Bancários Juazeiro

BNB garante concurso, mas não avança no resto da pauta



A confirmação da realização de um concurso para novos funcionários e de que o banco vai seguir a proposta da Fenaban nas cláusulas econômicas são as únicos avanços da quarta rodada de negociação entre a Comissão Nacional dos Funcionários e a direção do Banco do Nordeste do Brasil, realizada na tarde da última sexta-feira (17/8), em Fortaleza , no Ceará.


No mais, o banco comunicou que não tem autorização do governo federal para assinar um pré-acordo, garantindo a ultratividade do ACT atual até a assinatura do acordo deste ano, não apresentou propostas para a revisão do Plano de Cargos e Remunerações (PCR), para os problemas da Camed e nem para outras questões importantes.


O diretor da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Waldenir Britto, comemorou a realização do concurso, que atende a uma antiga demanda do movimento sindical, no sentido de melhorar as condições de trabalho nas unidades com a elevação do número dos trabalhadores. “Esperamos que seja realizado o mais breve possível”, completou.


Também presente na negociação, a diretora do Sindicato dos Bancários da Bahia, Jeane Marques, lembrou que os poucos avanços na negociação serve para demonstrar a importância da ampliação da mobilização da categoria, que será essencial para a garantia dos direitos já conquistados.


Participaram da reunião pelo Comissão dos Funcionários do BNB: Waldenir Britto, pela Feebbase; Jeane Marques, pelo Seeb Bahia; Maria Carmen, Tomaz de Aquino, pelo Seeb Ceará; Alexandre Timoteo, pelo Seeb Alagoas; Luzemir Carvalho, pelo Seeb Piauí; Gustavo Tabatinga, pela Contraf; Rubem Nadiel, pelo Seeb Pernambuco; Robson Araujo, pelo SITRAFI Paraíba.


O BNB foi representado pelo diretor Claudio Freire, além de Eliane Brasil, Eline Gurgel, Geraldo Junior e João Silva de Almeida.


FEBB


14 visualizações

Busca

Outras Notícias