• Bancários Juazeiro

Dieese analisa a reforma da Previdência


A reforma da Previdência é desacreditada pelos brasileiros, que sabem que o governo Temer está a serviço do grande capital, principalmente o mercado financeiro. Inclusive, relatório do Dieese vai na contramão dos argumentos utilizados pelo Executivo.

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos considera que é necessário discutir uma revogação, nem que seja parcial e/ou novas formas de inclusão previdenciária para conceder garantias e segurança ao contingente de trabalhadores que estão desprotegidos com a reforma trabalhista.

A nota do Dieese ainda destaca que é preciso rever, revogar ou flexibilizar as restrições ao crescimento das despesas primárias da União. Que na prática significaria repensar o teto dos gastos.

A reforma pode agravar o problema da concentração de renda no país, por excluir da cobertura previdenciária segmentos da classe trabalhadora e ao reduzir o valor dos benefícios. É o que revela o Dieese, afirmando ainda que o foco não está na Previdência pública.

Em relação ao suposto déficit, ponto exaltado pelo governo Temer, o relatório destaca que não faz sentido falar isso. Tudo porque a Previdência Social, no que corresponde ao RGPS (Regime Geral) da União, integra a Seguridade, que conta com base ampla de financiamento, não restrita às contribuições previdenciárias.

1 visualização

Busca

Outras Notícias

INSTAGRAM
© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.