• Bancários Juazeiro

Desemprego cresce. Maior taxa desde 2012



Os efeitos do golpe continuam. A taxa anual de desemprego subiu de 11,5% para 12,7%, o maior nível desde 2012. Os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) foram divulgados ontem.

A média de desempregados pulou de 6,7 milhões para 13,2 bilhões entre 2014 e 2017 (97% de aumento), reflexo do golpe orquestrado pela direita que não aceitou perder, pela quarta vez consecutiva, as eleições nas urnas. A pesquisa revela ainda, somente em 2016, ápice do golpe, foram perdidos 3,3 milhões de postos de trabalho com carteira assinada.

Em contrapartida, o trabalho informal, que não garante direitos, elevou em 1,1 milhão de pessoas (4,8%) em 2017 em comparação ao mesmo período de 2016. O mais preocupante é que a situação tende a piorar com a reforma trabalhista.

A legislação retira direitos importantes dos trabalhadores. O que é imposto nos dias atuais por Temer como modelo político, é uma falácia. Não existe nenhuma estratégia política e, sim, um golpismo que destrói os direitos sociais e atinge a população mais pobre, que depende do Estado para viver com dignidade.

1 visualização

Busca

Outras Notícias